RH SAFE

Alguma dúvida?

Entre em contato conosco clicando no botão abaixo:

Formulário

    O que é NR 10?

    A Norma Regulamentadora 10 (NR 10) dispõe sobre a segurança em instalações e serviços em eletricidade.

    O objetivo da norma é estabelecer os requisitos e condições mínimas para a execução de medidas de controle e sistemas preventivos que atestem a segurança e a saúde dos trabalhadores.

    Carga Horária

    O treinamento deve ser 40 horas para os profissionais envolvidos com atividades elétricas.

    Esse treinamento tem validade de dois anos. Após esse período, o profissional precisa fazer uma reciclagem dos conhecimentos adquiridos no curso.

    Conteúdo Programático

    • Introdução à Segurança com Eletricidade;
    • Riscos em Instalações e Serviços com Eletricidade;
    • Acidentes de origem elétrica;
    • Técnicas de análise de risco;
    • Medidas de Controle do Risco Elétrico;
    • Normas Técnicas;
    • Equipamentos de proteção;
    • Rotinas de trabalho;
    • Documentação de instalações elétricas;
    • Riscos adicionais.

    Público-Alvo

    Todas as empresas com colaboradores que interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade com tensão igual ou superior a 50 Volts em corrente alternada, ou superior a 120 Volts em corrente contínua.

    Quando se aplica

    Ele deve ser realizado sempre que o trabalhador:

    • Retornar de afastamento de trabalho que durou mais de três meses;
    • Mudar de empresa ou trocar de função;
    • Quando ocorrer qualquer mudança nas instalações elétricas, que pode envolver processos e organizações.

    Outras informações

    A NR 10 se aplica as seguintes fases:

    • Geração;
    • Transmissão;
    • Distribuição; e
    •  

    Incluindo as etapas de:

    • Projeto;
    • Construção;
    • Montagem;
    • Operação;
    • Manutenção das instalações elétricas;
    • Entre outros.

    Além disso, as empresas e estabelecimentos com carga elétrica superior a 75 kW devem organizar e manter o Prontuário de Instalações Elétricas.

    Para garantir a segurança e saúde dos trabalhadores, devem ser antecipadas e adotadas medidas de proteção coletiva e individual de todos os serviços realizados em instalações elétricas.

    Segundo a NR 10, a primeira medida adotada para uma proteção coletiva é a desenergização elétrica. Ela consiste em um conjunto de ações coordenadas que envolve: seccionamento, impedimento de reenergização, constatação da ausência de tensão, instalação de aterramento temporário com equipotencialização dos condutores dos circuitos, proteção dos elementos energizados existentes na zona controlada e instalação da sinalização de impedimento de reegernização.

    Já para a proteção individual, a norma estabelece que vestimentas de trabalho devem ser apropriadas para as atividades. Ou seja, elas devem atentar a inflamabilidade, condutibilidade e influências eletromagnéticas.

    Para ministrar o treinamento da NR 10 o profissional é obrigado a ter uma formação na área, em um curso de uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, precisa ter um registro do conselho de classe competente.